N.E.P. INFORMA: Tabagismo, um mal a ser combatido

campanha-anti-fumo-2

O tabagismo é uma das maiores causas de doenças e mortes. A mortalidade geral é duas vezes maior nos fumantes quando comparados aos não fumantes. Fumar cigarro pode provocar: câncer, doenças cardiovasculares, pulmonares, úlceras pépticas e outras patologias.

O controle do tabaco é prioridade da Saúde Pública, uma vê que dentre as causas de mortalidade que podem ser prevenidas, o tabaco é a maior delas. Esse é um tema extremamente abrangente, em que o “controle”, para ser bem-sucedido, tem que ser implementado concomitante em seus vários componentes: produção, políticas de saúde, prevenção, exposição tabágica e cessação. Os esforços para o controle do tabaco num país tão grande como o Brasil, onde existe tanta influencia da indústria do tabaco e do mercado ilícito, representam um desafio. Porém, esse é o momento certo para promover e implementar um sistema integrado de controle de tabaco no Brasil.

Teste para dependência de nicotina de Fagerstöm. Fonte: Heatherton, T. F. ET AL., 1991

tabela

Quais são os benefícios de deixar de fumar?

  • após 20 minutos sua pressão sangüínea e a pulsação voltam ao normal
    • após 2 horas não tem mais nicotina no seu sangue
    • após 8 horas o nível de oxigênio no sangue se normaliza
    • após 2 dias seu olfato já percebe melhor os cheiros e seu paladar já degusta a comida melhor
    • após 3 semanas a respiração fica mais fácil e a circulação melhora
    • após 5 A 10 anos o risco de sofrer infarto será igual ao de quem nunca fumou

Instruções:

1 – Defina a data em que vai deixar de fumar.

Uma das formas mais eficazes para deixar de fumar é considerá-lo como um objetivo e colocar uma data limite. Desta forma, você pode fumar menos durante algumas semanas e estabelecer o dia para deixar por completo. Recomenda-se que este período não supere um mês para que não prolongue muito.

2 РFa̤a uma lista com as raz̵es para deixar de fumar.

Essas serão as razões que o incentivarão a ser forte e não cair na tentação dos cigarros. Prepare uma lista com fatos relacionados à saúde como: erradicar a tosse de fumante, dentes amarelados, evitar as rugas e outros problemas na pele, prevenir o câncer pulmonar… Aqui você poderá ver com mais detalhes como o fumo afeta a saúde.

3 – Prepare-se para deixar de fumar.

A força de vontade será fundamental para conseguir deixar este vício para sempre. O vício, além de ser um fator fisiológico, também é um fator psicológico que deveremos enfrentar com o tempo e com a força de vontade.

4 РEscolha algumas horas para ṇo fumar.

Você pode estabelecer algumas horas para não fumar como, por exemplo, após as refeições ou antes de dormir. Para isso, você também pode usar truques como levantar da mesa assim que acabar de comer ou sair para dar um passeio.

5 – Tente se ocupar.

Se você se mantiver entretido fazendo outras coisas, pensará menos em fumar. Desta forma, você deve realizar as atividades que gosta e manter sua mente ocupada: praticar esportes, ler, assistir filmes, caminhar pela cidade, etc.

6 – Anote seus progressos.

Será muito gratificante ver como você está progredindo em sua luta contra o fumo, portanto, sugerimos que anote os dias que está sem fumar, o dinheiro que está economizando, etc.

7 РAposte com algu̩m.

Faça uma aposta com alguém para se convencer de que irá conseguir, e também para que os outros percebam que você está falando sério.

8 – Nem mais um cigarro.

Uma vez que tenha conseguido deixar de fumar, não volte a cair na tentação. Esqueça a afirmação de que “um cigarro não faz mal” porque não é verdade. Fique firme e não estrague tudo que você conquistou com esforço e suor.

FONTE:

https://saude.umcomo.com.br/artigo/conselhos-para-deixar-de-fumar-10131.html

http://books.scielo.org/id/sj9xk/pdf/nunes-9788572166751-02.pdf

http://www.tabagismo.hu.usp.br/beneficios.html

Texto produzido pelo coordenador do

Núcleo de Educação Permanente do  Hospital de Cataguases,

Peterson Gomes de Faria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *